Vila Tech: Programa é apresentado pela Fundetec ao setor de TI

Redigido por: Assessoria

A quinta-feira (9) começou com grandes ideias para o setor de tecnologia da informação de Cascavel. Estiveram presentes no auditório três do Teatro Municipal Sefrin Filho representantes de diversas empresas de TI para conhecer a nova proposta de política pública da Prefeitura, por meio, da Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

O programa chamado Vilta Tech tem como finalidade a criação de um parque de software, no qual reunirá um grupo de empresários do ramo que receberão apoios, conforme explica o presidente da Fundação, Alcione Gomes, “O Vila Tech é um grande programa que estamos criando para as empresas de softwares, para fortalecer esse segmento, proporcionar as empresas que já existem a possibilidade de ampliação e uma retenção delas no município, além de atrair empresas de outras cidades que queiram vir se instalar aqui e desenvolver seus produtos”.

Durante o encontro, foi apresentado aos participantes um estudo feito pelo Sebrae PR sobre o cenário atual das empresas da cidade, atualmente são 180 negócios que caso demonstrem interesse, poderão ser parceiros neste projeto. “Buscamos informações de todas as empresas que estão estabelecidas em Cascavel e identificamos algumas necessidades como a de ambientes que sejam produtivos para os funcionários. É importante que elas estejam em um espaço onde tenham acesso a serviços, a comunicação, que estejam próximo à área central do município, pois todo empreendedor quando vai começar um negócio olha todas essas condições para se estabelecer, com esse projeto da prefeitura vai ser oferecido esse espaço”, disse o gestor do Sebrae, Osvaldo Brotto.

Capacitação e mão de obra

Outro ponto levantado na reunião desta manhã foi a capacitação e qualificação de mão de obra para o mercado de trabalho. O Progeti (Programa Estratégico de Geração de Emprego em Tecnologia da Informação) é um dos pilares dessa iniciativa, pois oferece cursos de programação a crianças e jovens, introduzindo-os a uma futura formação.

“O Progeti é outro programa base, pois vai incentivar a formação de mão de obra capacitada para as empresas de TI. Então além dos incentivos, da redução de impostos, do ambiente, estamos trabalhando na capacitação. Estamos construindo tudo isso junto com o setor, o que é mais importante”, destacou o presidente.

Segundo Alcione, os empresários mostraram interesse ainda, em ofertar vagas de estágio aos alunos que se destacarem nos cursos de Lógica de Programação. “Temos a aderência e agora temos que identificar de fato quais são as empresas e empresários que gostariam de estar dentro desse ambiente que nos estamos chamando de Vila Tech”, finalizou.