COVID-19: Teste com câmera de medição de temperatura é feito no Terminal Oeste

Redigido por: Assessoria

A Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico) em parceria com uma empresa de Curitiba testou durante 48 horas no Terminal Oeste de Cascavel, um equipamento térmico que permite a medição de temperatura corporal dos usuários do transporte coletivo em um raio de até 10 metros.

O dispositivo é composto por câmeras com reconhecimento de infravermelho para calor que emite um alerta sonoro e visual quando detecta uma pessoa com temperatura acima de 37,5°. O objetivo é auxiliar na prevenção à Covid-19 sem interferir no tráfego dos passageiros. “A técnica já é utilizada em aeroportos, metrôs e hospitais de outros países, como a China e é um equipamento que não tira a liberdade das pessoas”, comentou o técnico comercial, Márcio Slizewski.

Atualmente no Paraná, o município de Cascavel é pioneiro na questão da análise térmica em local público. “A ideia é justamente para validar um sistema que possa beneficiar a população, ou seja, proteger o maior número de pessoas em situações onde há maior concentração, como aqui no terminal. Nesse período de coronovírus, nós estamos preocupados em proteger as vidas”, explicou o presidente da Fundetec, Alcione Gomes.

A melhor forma de combater o coronovírus é a prevenção, portanto, caso o aparelho identifique algum passageiro com temperatura de 37,5° ou acima da média, uma equipe irá aborda-lo e fará uma avalição e orientação sobre seu quadro febril. “Vamos fazer a abordagem nessa pessoa, uma identificação melhor de diagnóstico e se preciso encaminha-la a uma unidade de saúde e assim diminuir o risco de contaminação ou até mesmo identificar outro tipo de doença”, completou o presidente.

Após esse teste, a Prefeitura em conjunto com a Fundetec, fará um estudo de aquisição desse equipamento e assim colocar à disposição da população como um todo.