Projeto Moinho Escola Fundetec

Na última quarta-feira (26), os representantes das empresas Alapala, e da Ampla – Performance Industrial, estiveram presentes na Fundetec para uma visita de reconhecimento da estrutura, para o desenvolvimento de uma parceria na criação de um Moinho Escola.

A visita foi possibilitada graças a participação direta da SEMDEC (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), que realizou a aproximação com as empresas. “Solicitamos junto ao setor de trigo da região que as empresas trouxessem suas propostas. É uma forma de incentivar a instalação de um moinho de trigo na região do CITVEL II”, comenta o secretário municipal de desenvolvimento econômico, João Alberto.

O Moinho Escola é um importante passo para o desenvolvimento da produção alimentícia de Cascavel e região, além de propiciar a geração de novos empregos e de profissionalizar os moeiros.

Para o diretor técnico da Fundetec, Carlos Schulze, essa é uma oportunidade de ouro, “é uma oportunidade interessante, pois conseguimos aliar a indústria com o nosso laboratório de alimentos, dando maiores chances de desenvolvimento para as nossas empresas incubadas e condôminas”.

ESCOLHA DA FUNDETEC

Através do processo do município de Cascavel da Política Pública de Execução de Processos de Desenvolvimento de Novas Tecnologias, a Fundetec foi escolhida como entidade para formação educacional do setor de agroinovação, na qual poderão ser desenvolvidos processos de melhoria e ampliação do setor de moagem de trigo regional. De acordo com o secretário João Alberto, “a Fundetec é uma entidade na qual poderão ser desenvolvidos novos processos para a melhoria e ampliação do setor de moagem regional. Além de desenvolver dentro da cadeia produtiva novas atividades na área de panificação industrial, massas, biscoitos e afins”.

Segundo o presidente da Fundetec, Alcione Gomes, com a instalação do moinho são abertas novas portas para o crescimento e desenvolvimento de Cascavel. “Além de profissionalizar os trabalhadores, queremos abrir uma certificadora de alimentos, o que vai resultar em produtos de maior qualidade, e por consequência, desenvolver a indústria alimentícia da cidade”.

O presidente ainda salienta “nós, juntamente com o secretário João Alberto trabalhamos para o desenvolvimento de Cascavel, trazendo novas empresas para fortalecer nossa região”.

PARCERIA INTERNACIONAL

A Alapala é uma empresa com sede na Turquia e que possui diversos parceiros pelo mundo, incluindo a Ampla, empresa do interior do Rio Grande do Sul.

Fundada há mais de 60 anos trabalha com foco no desenvolvimento de soluções integradas e racionais para fábricas de farinhas. Eles buscam o desenvolvimento harmonioso de máquinas para o melhor aproveitamento dos moinhos de farinha.

Já a AMPLA é uma empresa de tecnologia industrial que desenvolve e fabrica soluções em máquinas, equipamentos e automação industrial com foco no aumento da produtividade e da qualidade.

Juntas procuram oferecer um melhor caminho para a produção alimentícia no Brasil e no mundo. Para o Moinho Escola, será viabilizada parceria para os equipamentos, enquanto a Fundetec irá trabalhar na administração e cuidados do setor. Esta é uma grande oportunidade para o setor do Agronegócio paranaense.